Como desenvolver o marketing sustentável na sua empresa?

As ações de marketing de uma empresa devem ter como base o comportamento de compra do cliente, assim como as tendências sociais e culturais. Criar técnicas de persuasão já não é mais suficiente para convencer seu público, uma vez que agora é ele quem dita as regras do que quer e como quer.

Dessa forma, é impossível ignorar a importância da sustentabilidade atualmente. O nível de consciência das pessoas sobre esse assunto aumentou e obrigou o mercado empresarial a olhar para essas questões. O marketing sustentável surgiu como uma ferramenta eficaz nesse sentido, mas é importante saber usá-la com cautela.

Se você deseja entender mais sobre marketing sustentável e descobrir como desenvolver essa estratégia na empresa, então está no lugar certo. Entenda mais sobre esse assunto a seguir!

O que é marketing sustentável?

De forma direta, o marketing sustentável é composto por um conjunto de ações que visam melhorar a interação entre a empresa e o meio ambiente. Essas ações podem ser relacionadas aos processos de produção da organização ou também ao seu apoio em causas ambientais.

O objetivo do marketing sustentável é mostrar para o público que a empresa tem uma consciência ecológica e que está tomando medidas para colaborar com a manutenção do meio ambiente.

Cuidado com as ações de greenwashing

Outro ponto importante é que as ações de marketing sustentável não são constituídas de frases de impacto ou promessas de comprometimento. É preciso que a empresa pense em ações reais para se comprometer e que esse pensamento passe a fazer parte de sua identidade corporativa.

Quando essa imagem é vendida apenas da boca para fora, a organização está praticando o greenwashing — que é como enganar o público e ter ações contrárias ao que publica. Esse tipo de conduta pode prejudicar e até acabar com uma empresa hoje em dia.

Essa estratégia é essencial para uma empresa?

Existem milhares de estratégias de marketing consolidadas e outras tendências são criadas todos os dias. No entanto, nem todas elas são essenciais e nem adequadas para um negócio. Agora, quando o assunto é marketing ambiental e consciência social, a história não é bem assim.

Desde a década de 1960 as pessoas têm criado uma consciência ambiental. O número de empresas só crescia após a Revolução Industrial e nenhuma delas estava preocupada com a economia dos recursos naturais do planeta, que tinha dando sinais de colapso desde então.

Depois de a internet crescer e tomar seu espaço, essa consciência aumentou ainda mais e tomou força. As pessoas passaram a enxergar o real impacto dos processos produtivos para o planeta, e a pressão para que as empresas tomassem providências mudou o comportamento de compra e as tendências de consumo.

Hoje, a organização que não se compromete com o meio ambiente está cavando sua própria cova. Uma prova disso é a mudança que aconteceu entre as maiores marcas de moda do mundo, como Valentino, Armani, Gucci e Versace. Todas elas adotam algum tipo de medida consciente em seus processos de fabricação.

O que a empresa pode fazer para ser mais sustentável?

O marketing sustentável não é difícil de ser implementado e se encaixa bem em qualquer tipo de negócio, independentemente de seu tamanho. Para empresas de menor porte torna-se ainda mais fácil, já que pode ser um pouco mais desafiador transformar um processo de produção complexo.

Lembrando que, embora a consciência ecológica seja extremamente importante — não só para a imagem da empresa, mas também para o planeta —, é preciso adotar medidas que estejam dentro das possibilidades da companhia. Afinal, uma organização precisa ser economicamente viável.

Dito isso, veja o que pode ser feito para que você comece a implementar o marketing sustentável na empresa hoje mesmo.

Invista na reciclagem e reaproveitamento de produtos

Faça uma lista de tudo o que pode ser reciclado pela empresa e disponibilize para a coleta seletiva. Alguns desses produtos podem ter um posto especial de coleta, portanto, basta pesquisar qual a melhor forma de descarte. Na sua lista é possível adicionar itens como:

  • papéis em geral;
  • caixas de papelão;
  • sacos plásticos;
  • embalagem de produtos de limpeza;
  • frascos de vidro.

O reaproveitamento de produtos também é uma ação interessante e você pode pensar de que forma ele pode acontecer.

Se comprometa com a economia de água

Se você usa água em alguma etapa de produção na empresa, estabeleça algumas medidas para que haja economia desse recurso. É interessante criar um material rico para informar os colaboradores sobre as melhores práticas de economia.

Essas orientações também podem se estender como boas práticas no dia a dia, como manter as torneiras bem fechadas, usar a descarga do banheiro de acordo com a necessidade, não usar mangueiras para realizar a limpeza e assim por diante.

Aumente o uso de materiais biodegradáveis

Alguns materiais, como o papel, o plástico e até mesmo produtos de limpeza, podem ser substituídos por versões biodegradáveis — compostos de substâncias que se degradam com mais agilidade. Faça uma pesquisa e verifique quais itens podem ser substituídos dentro do segmento onde você se encontra.

Lembrando que a aquisição desses materiais pode representar um custo a mais para a empresa, portanto, vale a pena negociar com os fornecedores e oferecer uma parceria de divulgação de imagem, em troca de um desconto nos produtos.

Opte por embalagens recicláveis

Você usa embalagens na empresa? É possível optar por materiais mais sustentáveis, como faz a empresa Dove. Ela anunciou que, a partir de agora, todos os seus produtos serão comercializados em embalagens de plástico 100% reciclado.

Portanto, pense de que forma você pode promover essa mudança e, caso seja possível, usar esse tipo de material na produção dos próprios produtos. Isso gera um impacto ainda maior diante do público e também para o planeta.

Pratique a logística reversa

É possível aproveitar os produtos produzidos por você de alguma forma? Então, você pode praticar a logística reversa e evitar o acúmulo de lixo na natureza. Algumas empresas têm recolhido embalagens velhas e produtos usados para introduzi-los novamente no processo de produção.

O Mc Donald’s, por exemplo, vende o óleo utilizado para fritar batatas para empresas que podem transformar esse produto em combustível que, posteriormente, é usado para abastecer caminhões.

Com algumas medidas simples, é possível criar uma boa estratégia de marketing sustentável. Mas lembre-se de que ela só funciona se seus clientes criam essa percepção de valor, portanto, não deixe de pensar em uma estratégia de comunicação e informe seu público sobre as ações que têm feito parte da empresa.

Neste post, nós falamos sobre o marketing sustentável como uma forma de promover a empresa. Mas, qual é o papel social dela nesse sentido? Preparamos outro conteúdo para falar sobre isso. Confira!

Powered by Rock Convert