As grandes tendências de marketing: o que esperar da próxima década?

O que esperar para os próximos dez anos no marketing? É isso que você verá logo adiante. Continue a leitura e confira as principais tendências de marketing!

O marketing passou por diversas transformações ao longo dos anos. Durante algum tempo, teve o seu foco voltado para os produtos, sem apresentar muita diversificação. Depois, passou a considerar o cliente e os seus valores, de modo a enxergar o consumidor de forma mais humana. Por fim, hoje o marketing é bastante concentrado em atrair, conquistar e fidelizar públicos por meio da transformação digital, essa já uma tendência do marketing que só tende a aumentar nos próximos anos.

Com base nas mudanças citadas, na última década, notou-se um predomínio da valorização do cliente em seus valores e a transformação digital. Em outras palavras, as empresas começaram a perceber que, se não abandonarem práticas obsoletas, não conseguirão se posicionar bem no mercado, correndo até mesmo o risco de encerrarem as suas operações.

Tendências de marketing para os próximos dez anos

A tecnologia tornou-se uma aliada indispensável dos negócios. Nesse sentido, as inovações de marketing terão um forte apelo digital. Além disso, a possibilidade de realizar medições e análises sobre o público e sobre as campanhas de vendas é de grande importância.

Afinal, é esse acompanhamento de desempenho que norteará as decisões empresariais e planos de ação, assim como ajustes dos processos internos em uma organização. Acompanhe, nas seções abaixo, as principais tendências esperadas para os próximos anos.

Chats de conversação

É impossível falar em marketing sem mencionar o poder de alcance das redes sociais. Com o passar do tempo, as empresas investirão mais esforços para estabelecer uma melhor comunicação com o público. Aplicativos de mensagem como o Direct do Instagram, o Messenger do Facebook, o Whatsapp e o Telegram serão amplamente usados.

A princípio, esses aplicativos são úteis para tirar dúvidas e redirecionar o usuário para o site da empresa ou uma página de vendas. Contudo, é possível que, no futuro, esses chats também sirvam para fazer compras diretamente neles, o que facilitará a vida dos consumidores.

Inteligência artificial

É a inteligência artificial que está por trás de recursos como as buscas por voz e os assistentes virtuais. Cada vez mais, essa tecnologia tem sido aprimorada, no intuito de melhorar o atendimento ao cliente. Uma característica importante da inteligência artificial é a capacidade de aprendizado, o que torna ainda mais humanizada a comunicação com uma pessoa.

Personalização

Um bom exemplo dessa tendência é o feed de publicações do Instagram. Nele, são mostrados primeiro os conteúdos que a rede social entende como relevantes para aquela pessoa. Dessa forma, o consumidor terá uma melhor experiência e familiaridade com as marcas que mais se identifica, o que influenciará na decisão de compra de um produto.

Nesse sentido, investir em newsletters e e-mail marketing personalizados pode ser uma grande forma de atrair, conquistar e fidelizar clientes. Lembre-se de que, na Internet, quanto mais individualizado for a comunicação e o atendimento, maiores as chances de fechar uma venda.

Transparência das empresas

Quando o assunto é a coleta de dados dos usuários, nem tudo são flores. Isso se dá pelo fato de que as empresas nem sempre fazem o uso correto dessas informações. Por isso, em 2020, entrará em vigor a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). É fácil concluir que, quando as informações são usadas de maneira incorreta, a tendência é a perda de credibilidade do negócio.

Por outro lado, se uma empresa tem o devido cuidado com as informações de preferências dos clientes, maior será a chance de reter cada vez mais público e compradores. Uma das formas de conseguir isso é a utilização somente com o consentimento deles.

Busca visual

Além de pesquisas por palavra-chave e por comando de voz, existe a opção de fazer uma busca por imagens. Se, por exemplo, um usuário faz uma captura de tela em seu celular, ele pode enviar esse print para uma pesquisa relacionada com aquela imagem.

Nesse sentido, é indispensável inserir descrições nas imagens, no intuito de otimizar a busca. Esse recurso, dentre outros benefícios, pode aumentar a taxa de visualização de um item, o tempo de permanência em uma página (como um e-commerce) e elevar o valor do ticket médio dos produtos em um site.

Podcast

Esse termo ganhou bastante popularidade nos últimos anos. Consiste em uma forma de mídia alternativa que, em vez de texto, imagem ou vídeo, utiliza-se apenas de áudio. Se uma pessoa não tem muito tempo para dedicar-se à leitura de um livro, ela pode recorrer à versão em áudio de uma obra, por exemplo. Assim, ela pode realizar outras atividades do cotidiano ouvindo aquele conteúdo.

Se um podcast tiver informações relevantes, as chances de as pessoas gostarem e recomendarem o seu negócio são maiores. Isso é fundamental para aumentar o alcance orgânico (gratuito) do seu negócio. É válido frisar que o áudio consiste em uma ótima ferramenta de atração, logo, não é recomendado usar esse recurso para fazer ofertas de produtos.

Análise de sentimento

Em poucas palavras, a análise de sentimento consiste em identificar quais os padrões de opinião mais recorrentes dos usuários de uma rede social. Na prática, esse recurso é responsável por dar um feedback relacionado à alguma postagem, em função de reações e comentários. Alguns termos escritos pelos usuários contribuem para o funcionamento da análise de sentimento. Um “amei” ou um “detestei” servem de norte para a identificação de padrões.

Melhor experiência de uso do Linkedln

Dentre todas as redes sociais, o Linkedln é uma que não deve ser negligenciada em uma estratégia. Na hora de fazer publicações sobre o seu negócio, invista em diálogo, humanização e transmissão de conhecimento. As interações com outros perfis também ajudam bastante na criação de um bom networking. Isso será fundamental para a construção de uma autoridade corporativa sólida.

Como foi visto, o marketing passou por vários processos de reciclagem. Quando foi visto que o foco no produto não era o bastante, foi dada uma maior atenção ao consumidor, assim como as suas dores e desejos. Também é possível concluir que as tendências de marketing da última e da próxima década são fortemente marcadas pela transformação digital, de modo a aperfeiçoar continuamente a experiência dos consumidores.

O que achou do conteúdo? Continue acompanhando os artigos do nosso blog e compartilhe este post nas redes sociais!