Marketing viral: como saber o potencial de um conteúdo em viralizar?

Pense naquela informação que se propagou pela internet com uma rapidez impressionante. Muito provavelmente, ela foi um conteúdo viral, criado com base em características que estimulam as pessoas a compartilharem a mensagem em seus círculos de contatos.

Essa estratégia sempre existiu em nossa sociedade, mas, com a evolução do marketing digital, tudo passou a ser espalhado com uma velocidade infinitamente maior. Então, o marketing viral pode ser utilizado como uma grande tática de divulgação para atingir públicos extensos.

Porém, devido ao impacto proporcionado, você pode correr um sério risco de causar interpretações erradas no seu público se não souber utilizar essa estratégia da forma correta. Continue a leitura e descubra quais são os elementos necessários para viralizar um conteúdo com segurança!

O que é o marketing viral?

Marketing viral é toda e qualquer estratégia de divulgação que tenha o intuito de influenciar o compartilhamento para alcançar um público descomunal. O termo “viral” é usado para criar semelhança ao poder do vírus quando uma infecção é alastrada.

Não existe uma fórmula pronta para fazer com que determinado conteúdo viralize. É preciso considerar alguns elementos para entender questões que estão em voga no mercado e envolver o usuário, de modo a incentivá-lo nesse compartilhamento.

Como o alcance é obtido de forma orgânica, essa estratégia reduz o custo de aquisição de clientes e aumenta a conversão de leads, devido ao poder da indicação boca a boca. Então, qual é o diferencial de um conteúdo viral em relação aos outros? É sobre isso que falaremos nos próximos tópicos.

Quais são as características de um conteúdo que viraliza?

A chave para a elaboração de um conteúdo que viraliza é ser criativo. A ação precisa atingir uma grande audiência rapidamente e, para isso, é necessário impactar as pessoas. O usuário deve se sentir impulsionado para ter o desejo de dividir a mensagem com seu círculo de contatos. Abaixo, listamos algumas características que podem ser exploradas.

Emoção

As emoções são as maiores influenciadoras nas tomadas de decisões. Quando as pessoas se emocionam com uma mensagem, tendem a querer que os outros sintam o mesmo. A Dove, por exemplo, conseguiu isso com sua campanha “Retratos da Real Beleza”, trazendo um tema tão comum e pouco falado entre o público feminino ao mesmo tempo: a baixa autoestima.

O resultado? Em uma semana, o comercial ultrapassou a marca dos 20 milhões de visualizações. Contudo, não são apenas as mensagens de empatia que viralizam. Todas as emoções tendem a criar uma reação nas pessoas, seja pela tristeza e indignação, seja pela alegria e pelo humor.

Colaboração

Outra característica do marketing viral é estimular o usuário a ajudar o outro. O ser humano tem um forte senso de justiça e, se entender que pode beneficiar alguém ao compartilhar o conteúdo, vai fazê-lo.

Em 2013, a Shooto Brasil 45 anunciou a primeira luta mista de MMA (ou seja: entre um homem e uma mulher). A ação mobilizou a população e milhares de pessoas compartilharam o anúncio para pedir que as autoridades impedissem a luta.

Porém, o impactou mesmo veio depois que os lutadores entraram no ringue: tudo não passou de uma campanha de combate à violência doméstica. Que sacada, né?

Prazer

Sentir prazer na realização de algo também pode levar as pessoas a compartilharem os conteúdos com seus contatos. Isso pode ser simbolizado por uma boa lembrança ou pela expectativa de um sonho, por exemplo.

Trata-se de um conceito clássico utilizado pela gamificação. Ao estimular a participação em um jogo, as pessoas tendem a responder questionários e compartilhar os resultados nas redes sociais, incentivando seus amigos a fazerem o mesmo.

A Nike investiu nesse gatilho ao criar o aplicativo de corrida Nike Running. Nele, é possível realizar diversas atividades, como competir com outras pessoas e marcar os quilômetros percorridos. Os usuários passaram a compartilhar seus resultados com os amigos, viralizando o uso do app e aumentando a base de leads.

Como fazer marketing viral na prática?

Como você pôde perceber, o conteúdo precisa causar impacto nas pessoas de alguma forma para que seja viralizado. Mas, até que tudo isso funcione, a campanha de marketing deve passar por algumas etapas para se tornar viral. Vamos a elas.

Conheça o público

É fundamental conhecer seu público para entender em quais características investir no viral. Pesquise quais conteúdos as pessoas costumam consumir, que tipo de entretenimento as atrai e quais necessidades apresentam.

Com essas respostas, você vai saber se deve apostar em uma história emocionante ou um meme, por exemplo. O analytics da Google e as redes sociais podem fornecer diversos dados relevantes.

Produza um conteúdo de qualidade

Um conteúdo de qualidade é aquele que agrega valor à persona. Para que se sinta motivado a compartilhá-lo, o usuário precisa acreditar na ideia central da mensagem — então, é essencial criar um material exclusivo pensando nas características daquele lead.

Além disso, é necessário chamar a atenção da persona para o compartilhamento, o que pode ser feito com call to actions envolventes e bem posicionados. Assim, depois que o usuário se sentir conectado, vai querer que os amigos tenham a mesma sensação (e o compartilhamento estará logo ali). Então, bingo!

Pense em algo diferente e disruptivo

Se você quer causar repercussão, vai ter que pensar em algo realmente envolvente e sair do mais do mesmo, afinal a principal característica do marketing viral é o barulho que proporciona. Investir na produção de conteúdos diferenciados e apostar nas tendências são boas estratégias.

A Google tem uma ferramenta ótima para isso, chamada Google Trends. Ela faz uma busca rápida dos termos mais procurados, assim você pode atrelar os assuntos atuais a uma característica típica da persona. Enfim, explore sua criatividade e invista na inovação!

As estratégias de marketing viral são excelentes para incentivar as pessoas a passarem a mensagem adiante. Com isso, seu conteúdo ganha um crescimento exponencial de forma orgânica. Quando bem estruturada, a tática pode render muitos leads, aproximar o público da marca e proporcionar um gigantesco diferencial competitivo entre os concorrentes.

Com as informações deste artigo, você vai conseguir explorar ainda mais seu negócio para viralizar um conteúdo. Continue se aperfeiçoando e confira o leque de materiais gratuitos que preparamos!

banner-ebook-mkt-resultadoPowered by Rock Convert
Preparamos um artigo com os elementos necessários para viralizar seu conteúdo com segurança. Quer entender mais sobre o assunto? Leia nosso artigo!