Como transmitir a sua real necessidade no briefing para a agência?

Assim como um filme precisa de um roteiro de qualidade para traçar toda a trama dos personagens, a agência precisa do briefing para definir e nortear suas estratégias. Esse documento não só ajuda a esclarecer a realidade do negócio, como também auxilia os profissionais a desenvolverem novas ideias e soluções para o projeto.

O escritor francês Guy de Maupassant dizia que “a conversa é o jogo de raquete das palavras e das ideias”, e assim deve ser uma boa reunião para criação do briefing para a agência. Contudo, para que esse diálogo seja realmente frutífero e as necessidades do cliente sejam atendidas, alguns pontos precisam ser colocados na mesa, e é isso que vamos tratar a seguir.

Apresentação: quem é você?

Antes de qualquer coisa, é preciso deixar claro as características do negócio para que as medidas tomadas estejam de acordo com seus diferenciais e sua atuação. Isso implica em revelar a história da empresa, seus problemas, erros e acertos no passado, objetivos comerciais e, inclusive, seus ideais e valores.

Sabe quando você tenta fazer aquela receita de bolo da sua avó, mas mesmo seguindo à risca todas as orientações, nunca fica tão bom como o dela? Pois é, sempre há um segredinho que faz toda a diferença e, embora nosso assunto aqui não tenha a ver com culinária, é bom pensar nisso na hora estruturar o briefing para a agência.

Os diferenciais de um empreendimento costumam ser a sua melhor propaganda. Portanto, vá além das vantagens e benefícios aparentes e exponha as peculiaridades do negócio para que tudo isso seja usado a seu favor.

Público: para quem você fala?

A segmentação do público é a raiz do sucesso de qualquer projeto de comunicação, afinal de que adianta criar campanhas fantásticas se elas não atingem as pessoas certas? É bem aqui que os grandes prejuízos podem ser evitados.

Se a sua empresa ainda não tem uma descrição precisa do seu público-alvo e persona, a agência precisará realizar esse trabalho com base nas características do seu empreendimento e dos seus atuais clientes.

A agência também pode ajudar a desenvolver meios de coletar dados da sua audiência a fim de compreender, cada vez mais, o comportamento daquele consumidor específico e definir estratégias e campanhas mais precisas.

Escopo: onde deseja chegar?

Existe uma razão para você procurar uma agência: você precisa de ajuda! Seu papel aqui é desenhar o cenário que gostaria de ver na sua empresa e os motivos que o levaram até essa conclusão como recuperação, dinheiro, reconhecimento de marca etc.

O SPIN Selling é uma metodologia que pode ajudar a organizar as ideias em uma situação como essa. Ele consiste em quatro pilares básicos definidos por:

  • Situação (S): qual é o momento atual (circunstâncias) e o que o motivou a procurar uma agência;
  • Problema (P): que tipo de problema está enfrentando, quando ele surgiu, frequência etc;
  • Implicação (I): quais são as consequências desse problema (prejuízos, perda de clientes, desvalorização da marca etc.);
  • Necessidade (N): o que é ideal para resolver o problema (soluções previstas).

É bom ressaltar que, embora um empresário ou profissional de marketing conheça a realidade do seu negócio, é muito comum empresas procurarem uma agência se queixando de um problema, mas, após a consulta, descobrirem que o verdadeiro problema era outro e não o aparente.

Portanto, esteja aberto para novas opiniões, sugestões e pontos de vista, de modo a evitar investir tempo e recursos em ações que não são cruciais para o sucesso da empresa.

Orçamento: quanto está disposto a investir?

Como diz a velha expressão americana: “não existe almoço grátis”. Portanto, se você deseja aumentar os resultados do seu negócio, certamente precisará aplicar algum dinheiro.

Se tratando de marketing digital especificamente, existe muito misticismo sobre o assunto devido as típicas promessas de promoção gratuita na internet. No entanto, essa suposta gratuidade não poderia estar mais distante da realidade, embora seja possível sim minimizar os custos adotando estratégias eficientes.

A sua disponibilidade de investimento também serve de parâmetro para as decisões tomadas como eventuais cortes e prioridades que deverão ser definidas previamente para não prejudicar o andamento geral da campanha.

Prazo: qual é a urgência dos resultados?

O prazo de entrega desejado precisa ser muito bem esclarecido no briefing para a agência, pois muitas estratégias demandam um tempo relativamente longo para apresentarem qualquer tipo de retorno mensurável.

Estratégias de curto prazo podem ser combinadas com as de longo, contudo, é importante se atentar aos reais resultados de cada uma para definir o que é, de fato, mais vantajoso e aplicável no momento.

Em marketing digital, por exemplo, estratégias de Outbound Marketing garantem resultados de promoção mais rápidos, mas não tão duradouros como o Inbound Marketing, que é uma estratégia de médio e longo prazo. Por isso combinar ambas as metodologias, balanceando-as constantemente de acordo com o ganho de popularidade e ranqueamento da marca, é uma excelente forma de se posicionar na web.

Como é a estrutura do briefing para a agência?

Não existe um modelo padrão para o briefing, as agências são livres para definir seus modelos particulares de acordo com os serviços que entregam e não há problema algum nisso. No entanto, é recomendável que alguns pontos essenciais estejam incluídos como:

  • escopo (objetivos do projeto);
  • profissionais responsáveis;
  • cenário e contexto da empresa (situação da empresa, do seu mercado de atuação e concorrência);
  • prioridades;
  • orçamento;
  • público-alvo/ persona;
  • portfólio;
  • objeções (o que não deve ser utilizado ou mencionado);
  • prazos;
  • preferências pessoais do cliente.

Isso é apenas um roteiro básico e não precisa estar exatamente conforme o seu briefing. O importante é assegurar que as informações levantadas contemplem todos os interesses e necessidades do seu empreendimento.

Por que não um HUB?

O HUB Criação é um novo conceito que une inovação, transparência e resultado em um modelo de serviço baseado em parcerias. Tudo começa com uma análise minuciosa do negócio para que as melhores estratégias de marketing sejam traçadas e os especialistas sejam definidos de acordo com cada uma das suas necessidades.

Elaborar um bom briefing para a agência é fundamental, mas para nós do HUB Criação, são as parcerias certas e o foco constante no sucesso do cliente os principais responsáveis por transformarem planos e ideias em grandes histórias de sucesso.

Quem sabe a sua não é a próxima? Entre em contato conosco e vamos conversar!

banner-ebook-mkt-resultadoPowered by Rock Convert