Os micro-momentos estão mudando o modo de encarar o marketing digital

O que você faz quando está na fila no banco, na sala de espera do dentista ou parado no engarrafamento? São esses poucos minutinhos entre uma tarefa e outra que aproveitamos para consultar a hora, tirar pequenas dúvidas, encontrar um endereço ou aprender algo rapidamente que o Google batizou, em 2015, de micro-momentos e também constatou que 94% dos usuários procuram por informações em seus smartphones durante eles.

Acredite ou não, os usuários de mobile podem chegar a interagir com seus aparelhos cerca de 150 vezes por dia, o que soma mais 2600 toques na tela diariamente! Uma boa prova da importância da otimização da experiência do usuário (UX) atualmente. Mas antes de falar sobre como você pode incorporar essa estratégia em suas ações de marketing digital, vamos entender um pouco mais sobre os tipos de micro-momentos. Continue a leitura e entenda mais!

Os tipos de micro-momentos

Além de cunhar o termo, o Google também estabeleceu 4 tipos diferentes de micro-momentos. Vamos entender cada um deles agora:

Eu quero saber

Acontece quando uma pessoa deseja entender mais sobre alguma coisa ou palavra que surgiu em uma conversa, na TV ou um produto qualquer que encontrou navegando por um site. Não significa que o usuário se tornará um cliente obrigatoriamente, é claro, mas os dados encontrados podem influenciar a uma futura decisão de compra.

Eu quero ir

É o momento em que uma pessoa decide ir até um determinado lugar pesquisando dados sobre o endereço ou utilizando serviços de geolocalização para traçar a rota e chegar até o destino desejado. Ocorre também ao buscar estabelecimentos como restaurantes e bares nas redondezas, por exemplo. Mais a frente falaremos melhor sobre esse assunto, continue a leitura!

Eu quero fazer

É o micro-momento em que as palavras-chave cauda longa iniciadas com “como fazer” frequentemente ganham destaque nas buscas. Acontece quando alguém decide preparar um prato novo no fim de semana, realizar algum reparo na casa ou simplesmente aprender alguma coisa. Os vídeos de passo a passo ou “faça você mesmo” são muito populares para capturar usuários nesses momentos.

Eu quero comprar

Neste caso, o usuário revela sua intenção de comprar logo ao fazer a busca. Os termos pesquisados durante esse micro-momento geralmente são mais específicos e podem incluir o nome, a marca e até especificações do produto. Não significa que o usuário necessariamente fechará a compra, mas é certo que ele já se encontra em uma fase de consideração.

Onde você ou sua empresa está quando seu cliente precisa de ajuda?

Sabe aquele amigo que aparece de repente quando você mais precisa? Pois é isso que o seu conteúdo precisa transmitir se você deseja atrair a sua persona em um micro-momento. A boa notícia é que existem muitas maneiras de trabalhá-los dentro da sua estratégia de marketing digital. Veja só:

Comportamento do cliente

Aos olhos do consumidor, os micro-momentos são pequenas oportunidades de encontrar respostas rápidas na internet. E aqui é bom frisar que usuário moderno é imediatista e procura por soluções práticas o tempo todo.

Não importa se a equipe de marketing está aplicando uma estratégia de inbound, outbound ou ambas simultaneamente, é preciso definir os interesses específicos das pessoas e o ambiente online que utilizam nesses horários.

Os micro-momentos acontecem várias vezes ao longo do dia, e entender o comportamento de busca da persona dentro deles é o primeiro passo para conseguir alcançá-la efetivamente.

Decisão de compra

Segundo dados do Google divulgados no ano passado, as chances de um usuário de smartphone fazer uma compra imediatamente usando o aparelho aumentaram 50% em relação ao ano anterior.

Os micro-momentos são ótimos para definir as preferências do consumidor e influenciá-lo em suas decisões de compra. A grande sacada é estar próximo da persona quando ela demonstra, claramente, a intenção de se beneficiar com algum produto ou serviço.

Artigos e vídeos de comparação são muito eficientes e termos de busca iniciados com “melhor”, “mais barato” ou “mais vantajoso” são muito frequentes. Nos EUA, por exemplo, as buscas pela palavra “best” (melhor) cresceram 80% no ano passado.

Produção de conteúdo

Nos últimos anos a relação entre marcas e clientes mudou muito. Quando uma empresa é capaz de atender as necessidades de uma pessoa em várias situações ao longo do seu dia, ela passa a fazer parte da vida do indivíduo.

As informações que as pessoas consomem em pequenos intervalos é comumente direta e dinâmica. Ninguém quer se aprofundar em um conhecimento ou fazer análises complexas quando sabe que conta com apenas alguns poucos minutos livres, concorda?

Um conteúdo bem planejado contempla tanto soluções para dúvidas simples quanto materiais longos e completos. Textos, vídeos e infográficos curtos, por exemplo, são ótimos para micro-momentos, pois atendem a necessidade da persona de forma rápida, sem muitos rodeios.

Investimento em mobile

Há quem utilize tablets ou notebooks em micro-momentos (em escritórios, por exemplo). Entretanto, de forma geral, o smartphone é o grande protagonista nos intervalos e distrações modernas, uma vez que estão sempre com seus donos.

É fundamental que um site ou blog seja responsivo nos dias de hoje. As pessoas utilizam dispositivos diferentes em sua rotina, seja por necessidade ou comodidade e, por isso, é preciso oferecer uma boa experiência em qualquer tipo de tela para garantir que elas continuem consumindo seu conteúdo.

Fatores básicos como velocidade de carregamento, design agradável e experiência do usuário ganham ainda mais importância quando pensamos em micro-momentos, pois são neles em que o usuário mais anseia por praticidade e agilidade.

Tecnologia de geolocalização

Os recursos de geolocalização (GPS) inauguraram uma nova forma das marcas interagirem com o público de maneira direta e personalizada. Segundo o Google, aproximadamente um terço das buscas realizadas a partir de smartphones estão relacionadas à localização e as pessoas estão mais inclinadas a comprar em lojas que adotam esse tipo de tecnologia.

Empresas podem usar a localização de usuários para se comunicar ou fazer anúncios para pessoas em locais específicos, assim como agências, consultórios e restaurantes podem ser encontrados facilmente nos buscadores pelos usuários da região.

Os smartphones representaram uma enorme transformação no comportamento global, as pessoas passam o tempo todo com o celular por perto e realizam dezenas de tarefas neles todos os dias.

Em meio a tantas ferramentas tecnológicas, capturar a atenção das pessoas no universo de informações que a internet oferece é o grande desafio do marketing digital, e os micro-momentos, por sua vez, são uma excelente oportunidade para profissionais e empresas estarem mais presentes no dia a dia do seu público.

Este artigo fica por aqui. E se você gostou, aproveite um micro-momento para deixar um comentário abaixo contando o que achou.

Ebook Mitos do Marketing DigitalPowered by Rock Convert