Transformação digital: saiba como encarar as mudanças do futuro

Todo mundo está comentando sobre o assunto, mas ainda há bastante desentendimento sobre o verdadeiro significado do conceito de “transformação digital”. As discussões estão sempre girando em torno das ferramentas tecnológicas e de suas aplicações. Enquanto isso, a reestruturação de processos, a análise estratégica e a implementação de novos modelos de trabalho e negócio são frequentemente deixadas de lado.

A tecnologia é apenas o piso onde as mudanças se desenrolam. Porém, há muito a ser feito além da digitalização. As pessoas estão mudando seu comportamento em relação às marcas, aos produtos e aos serviços. A transformação digital surge como uma adaptação inevitável a esse novo momento da sociedade em que as mudanças acontecem de forma rápida, as operações são mais fluidas e os indivíduos estão constantemente conectados.

O “cliente do futuro” não conhece o mundo sem a internet e já está cobrando inovações no pagamento, no atendimento e na entrega de serviços. As antigas práticas de marketing estão ficando obsoletas e novas estratégias estão sendo necessárias para atingir as novas gerações que, em breve, representarão quase metade do total de consumidores.

Segundo o estudo Operacionalização da Transformação Digital: Novos Insights para Fazer a Transformação Digital Funcionar, realizado pelo Harvard Business Review Analytics Services em parceria com a XL Catlin, 43% das empresas analisadas estão conseguindo resultados positivos com os investimentos em transformação digital, principalmente aquelas que incorporam a tecnologia em todos os seus níveis operacionais.

Os pilares da Transformação Digital

Segundo o CEO da AN, Federico Tagliani, a transformação digital é um modelo que pode ser definido por quatro pilares fundamentais:

Gestão de processos

Gerenciamento dos processos do negócio e da empresa para levantamento e análise de dados relevantes e identificação rápida de ações prejudiciais, sempre visando a melhor eficiência possível.

Gestão de pessoas

Educar e capacitar todas as pessoas envolvidas ou afetadas pelo processo de transformação para lidar com as mudanças de maneira amistosa e produtiva.

Gestão de valor

Planejamento estratégico a partir de indicadores quantitativos a fim de obter maior valor econômico e vantagens competitivas.

Gestão de tecnologia

Implementação de tecnologias alinhadas com público-alvo, perfil da empresa e produto ou serviço que entrega.

Os benefícios da Transformação Digital

As inovações oferecem novas oportunidades de relacionamento com o público, novas formas de captação de cliente e maiores chances de se diferenciar da concorrência. Dentre as principais vantagens, podemos citar:

Ganhos em eficiência

A tecnologia é marcante na substituição de processos manuais por sistemas automatizados que garantem maior simplificação, controle e eficiência em todas as práticas empresariais. A promoção de uma cultura corporativa é também um fator chave na redefinição de valores e aplicação de modelos de negócios mais flexíveis capazes de responder de maneira rápida às novidades que o mercado apresenta.

Novas oportunidades de trabalho

Muito cargos já estão sendo substituídos por softwares e máquinas e a tendência é que esse fenômeno cresça nos próximos anos. Por outro lado, a demanda por profissionais capacitados para exercer as novas funções que a transformação exige cresce a cada dia. Instituições de ensino, incubadoras e empresas já estão preocupadas com o desenvolvimento de habilidades voltadas para essa nova era do trabalho.

Satisfação dos clientes

O cliente é o protagonista da transformação digital. As empresas, hoje, participam do dia a dia das pessoas e dialogam constantemente com o seu público. O consumidor moderno é antenado e exigente, acostumado a utilizar plataformas de ponta, como Netflix, WhatsApp ou Facebook. Naturalmente, cobrará a mesma qualidade de qualquer outro serviço, forçando as organizações a apresentarem soluções cada vez mais práticas e eficientes.

Competitividade

Cada vez mais empresas começam a trilhar o seu caminho no mundo digital. As inovações podem alterar significativamente a rotina corporativa, a percepção do público sobre a marca e até mudar os rumos de um negócio. O ambiente digital oferece novas formas de obter vantagens competitivas e traçar estratégias diferenciadas.

Novos modelos de negócio

Mobilidade, redes sociais, acesso remoto, serviços em nuvem, internet das coisas, big data e tantos outros recursos já disponíveis permitem inúmeras maneiras de atuação para empresas e profissionais. As plataformas digitais estão criando nossas demandas e meios para a comercialização de produtos e serviços.

Os desafios da Transformação Digital

A incorporação das mudanças não é um processo simples. Muitas empresas se queixam de resultados modestos e da impossibilidade de acompanhar os avanços dos líderes de mercado. Podemos destacar alguns dos principais desafios enfrentados:

Transformação fragmentada

As organizações costumam iniciar a transformação digital pelo atendimento ao cliente sob pressão do mesmo. Porém, a distribuição, a cadeia de suprimentos e todo o conjunto de operações gerais também são elementos fundamentais para o sucesso da transformação.

Atuação em diferentes localidades

Empresas que atuam em muitas localidades diferentes precisam adotar estratégias flexíveis que se enquadrem com as regras e o comportamento de cada região. Usar um único tipo de ação sem considerar particularidades regionais é querer inovar sem permitir que as mudanças transcorram por si só.

Administração e alinhamento de parceiros

Trabalhar com muitos fornecedores pode comprometer a eficiência das ações. Muitos contratos, trabalhadores, serviços e metas podem sobrecarregar a administração e influenciar negativamente os processos principais, sobretudo quando as pessoas envolvidas apresentam visões e opiniões distintas. Escolher os parceiros certos e garantir que todos os envolvidos estejam alinhados com os objetivos propostos é fundamental.

Mensuração de resultados

A transformação digital requer investimentos e engloba todos os setores da empresa. Por isso, é fundamental mensurar os resultados da estratégia calculando o ROI de cada ação tomada a fim de priorizar o que está dando certo e reavaliar o que não está.

Nas palavras de Conor Carroll, VP Sênior de Vendas da Tata Communications: “Quando uma empresa define KPIs para sua jornada de transformação (os famosos indicadores-chave de desempenho), já tem um relance do sucesso. Quando ela atinge essas KPIS, a Transformação Digital não é mais o jargão da moda, e sim a nova realidade desta organização.”

O ambiente econômico está se tornando cada dia mais volátil e as empresas precisam estar prontas para lidar com mudanças. Novas plataformas, estratégias e tendências surgem todos os dias, tal como o comportamento do consumidor também varia constantemente. É por isso que a transformação digital precisa ser encarada como uma ação contínua.

Já existem cerca de 7 bilhões de dispositivos móveis em uso e 11 bilhões de coisas conectadas à internet, segundo dados divulgados pela Sysorex. A digitalização já é uma realidade concreta. O que está acontecendo hoje é uma mudança de comportamento que atinge todos os setores da sociedade, desde o cidadão comum até as grandes instituições e empresas.

A criação de novas tecnologias e modelos de negócio ganha destaque no mundo contemporâneo, mas são os profissionais e as organizações capazes de orquestrar todos esses elementos que compreendem a transformação digital que sairão na frente nessa nova era do mercado.

Gostou deste post? Então confira agora nosso próximo artigo sobre as tendências e o futuro do marketing digital!

Powered by Rock Convert

CEO do Hub Criação, publicitário desde 2000, empreendedor por natureza e apaixonado por inovação!