Principais novidades anunciadas no Facebook F8 2018

“Dizem que muito do que está acontecendo hoje em dia é uma forma de dissolução. Eu não creio que estejamos em pleno estado de dissolução, pois a palavra “Dissolução” contém nela mesma a palavra “solução”. — Jean Gebser

Não faz muito tempo que estávamos todos na internet preocupados com privacidade digital e com o escândalo da Cambridge Analytica. O elo mais fraco nesta polêmica parecia ser o Facebook, e muitos influencers decretaram o fim desta rede social. Vários deles inclusive fecharam suas contas altamente relevantes (por conta de seus seguidores) para mostrarem estar na vanguarda da cultura. Será que fizeram certo? Se eles acompanharam o F8 na última semana, quem sabe tenham se arrependido de fazer apostas tão altas, tão cedo…

O que é o F8?

Mark Zuckerberg no primeiro dia de F8.
Mark Zuckerberg no primeiro dia de F8. Fonte: Facebook F8

O F8 é a conferência que o Facebook realiza anualmente para os seus desenvolvedores. Com os mais diversos tópicos, o principal objetivo é apresentar para a indústria os caminhos e promessas que vão embalar as futuras apresentações públicas de Mark Zuckerberg — e os hábitos diários de todos nós, fanáticos usuários.

O evento deste ano seria crucial para o cenário tecnológico global. Esqueceremos os problemas do passado, ou já podemos ir procurando qual será a próxima bola da vez para apostarmos nossas fichas e esforços? Nos parece que o Facebook não precisou nem se preocupar muito com esta suposta angústia que a mídia levantava nos dias anteriores ao evento.

Do pouco que se falou sobre o escândalo, parece que ninguém mais lembrava do que exatamente ele se tratava. As visões de correções dos comportamentos e práticas digitais foram dadas de forma absolutamente integradas com as novas possibilidades para programação, técnicas e ferramentas da rede. Mais do que isso, neste ano ficou clara a vontade de mostrar que o Facebook não é apenas mais uma rede, mas um verdadeiro HUB para o desenvolvimento do nosso futuro.

No final, ficamos com um gosto bom na boca, já salivando pelo o que nos espera neste atlântico amanhã. Confere com a gente o menu de inovações:

E as novidades anunciadas no Facebook F8 foram…

Facebook

  • Limpeza do histórico de navegação: Após a polêmica do vazamento de dados, está em plano a construção da ferramenta “Clear History”, que permitirá que o usuário desative a coleta do histórico de uso em sites e apps. A novidade em si é boa para os usuários do ponto de vista que permitirá uma maior preservação dos dados pessoais. Porém segundo Mark, a experiência do usuário poderá ser prejudicada na rede, já que esses dados de histórico são utilizados para customizar o conteúdo de publicidade que é mostrado. Ou seja você poderá receber anúncios que não tenham a ver com os seus interesses.
  • Insights para anúncios: Se por um lado o usuário poderá apagar seu histórico de navegação prejudicando a experiência com a publicidade digital, por outro lado o anúncio de ferramentas que servem para analisar e compreender como as pessoas interagem com as marcas na rede social se torna promissor. Com os novos recursos você poderá compreender onde e como as pessoas interagem com a sua marca, e em quais canais e dispositivos. Você poderá extrair dados e relatórios omni-channel, que lhe trarão uma visão holística das diferentes interações que as pessoas têm com a sua empresa antes da conversão. Por exemplo, você pode descobrir que o seu público, que tem mais probabilidade de conversão, navega primeiro no seu site no mobile e depois faz a compra no desktop. Com essas informações em mãos será possível otimizar mais ainda os seus funis de venda e encontrar oportunidades para ampliar as conversões.
  • Aba de Grupos: O Facebook quer incentivar ainda mais o relacionamento dentro da plataforma e para tanto anunciou a criação de uma aba específica para os Grupos, que ficará em destaque na barra do aplicativo no celular, tendo o mesmo peso do acesso às mensagens e do feed de notícias. Então, se você ainda não utiliza os Grupos em sua estratégia de marketing digital é bom começar a pensar… pode ser um trunfo para sua marca se destacar.
  • Dating, uma espécie de “Tinder” do Facebook: Continuando no tópico do incentivo ao relacionamento outra novidade que surpreendeu a todos, foi a criação de um recurso para paquera e relacionamentos dentro do Facebook, semelhante aos populares Tinder e Happn. A ideia é que os solteiros criem um perfil de namoro usando os seus dados do FB e os possíveis “matches” serão recomendados com base nas preferências de namoro, interesses semelhantes, amigos comuns e localização. Da mesma forma que acontece nos aplicativos já conhecidos, será possível visualizar o perfil e fotos do possível “match” e começar uma conversa de texto a partir dali.
Mark Zuckerberg apresentando o Dating.
Mark Zuckerberg apresentando o Dating. Fonte: Facebook F8

Instagram

  • Compartilhar atividades de aplicativos: Tirar o print da tela do celular para compartilhar no Stories a música que você está ouvindo no Spotify é coisa do passado. Você poderá fazer isso automaticamente, e a previsão é que mais aplicativos sejam integrados a plataforma no futuro. Spotify e GoPro são os primeiros apps integrados. E fica a dica: está aí outra bela oportunidade da sua marca entrar em contato com sua audiência e criar relacionamento.
Compartilhamento direto do Spotify para o Instagram Stories.
Compartilhamento direto do Spotify para o Instagram Stories. Fonte: Facebook F8
  • AR Studio: Os filtros com Realidade Aumentada já são velhos conhecidos do público, mas a grande novidade é o lançamento do AR Studio, que trará a possibilidade de pessoas e marcas criarem e compartilharem seus próprios filtros, totalmente personalizados, criando uma experiência única para os seguidores.
  • Chat por Vídeo: Agora o Instagram terá o seu próprio recurso para chamadas em vídeo no Instagram Direct. Será possível fazer chamadas em grupos com até quatro pessoas. Simultaneamente a ligação, você poderá navegar pelo aplicativo enquanto os amigos com quem você conversa ficam minimizados no canto da tela.
Recurso de videochamada em grupo no Instagram.
Recurso de videochamada em grupo no Instagram. Fonte: Facebook F8
  • Novidades na ferramenta de busca: Está sendo testado um novo recurso na área de pesquisa do aplicativo que organizará o conteúdo por tópicos, facilitando a busca por tipos de interesse. A organização por tópicos lembra a busca já utilizada no Pinterest.
Nova aba "Descobrir" do Instagram.
Nova aba “Descobrir” do Instagram. Fonte: Facebook F8
  • Filtro de comentários anti-bullying: Continuando nas atualizações para promover o bem estar dos usuários, outra novidade importante é o desenvolvimento de um filtro de comentários para identificar linguagens abusivas dos usuários e, automaticamente, remover esses comentários. O recurso será ativado automaticamente para todos dentro de algumas semanas.

WhatsApp

  • Chamada do Grupo e Stickers no WhatsApp: Em breve existirá a possibilidade de fazer chamadas em grupo, como anunciado para o Instagram Direct, e também estarão disponíveis os famosos stickers para utilização nas conversas.

Messenger

  • A RA também é destaque no mensageiro: O uso da tecnologia permitirá que o usuário teste e interaja com os produtos diretamente do celular. No evento vários exemplos foram mostrados como: test drive de um carro, simulação de maquiagem, interação com um tênis antes da compra, entre outros. Fica a dica, se você tem um e-commerce é bom considerar a RA como um das fortes possibilidades de venda em um futuro nada distante.

Vídeo exemplificando o novo recurso de AR no Messenger. Fonte: Facebook F8.

Realidade Virtual não é mais tendência, é fato!

  • Oculus Go: Outro lançamento do evento foi o gadget de realidade virtual Oculos Go, que funciona independentemente de um celular ou um computador. O aparelho oferece mais de 1.000 aplicativos, jogos e outras experiências em realidade virtual e custa 199 dólares.

Vídeo que demonstra a experiência com o Óculos Go. Fonte: Facebook F8.

  • Imersão em AR: As publicações em 3D já são uma realidade do Facebook, porém em breve será possível que o usuário leve objetos em 3D do feed de notícias para experiências de Realidade Aumentada pela câmera do Facebook.
  • 3D Fotos: Também foi anunciado o 3D Photos, que será um novo tipo de mídia em que os usuários poderão capturar os seus momentos em 3D usando um smartphone.

O que esperar do futuro?

Como vocês perceberam, as mentes dos técnicos do amanhã estão ficando cada vez mais conectadas a ideias que nos remetem ao conceito de ‘singularidade’. Parece que para qualquer lugar que você olhe, as visões de futuro são todas de esforços de integrar ideias e possibilidades, não mais de concorrer por um posto.

Começamos esta apresentação falando sobre o pessoal que resolveu rejeitar o Facebook para se mostrar na vanguarda. Você foi um deles? Ainda dá tempo de voltar atrás e tentar entender a cultura que está sendo desenhada neste momento por todos nós. No F8 a bola da vez eram — como se podia esperar — os desenvolvimentos mais pontuais desta empresa. Mas todas estas tecnologias trabalham no espírito de uma pós-centralização da internet.

Não precisamos de um novo Facebook. Não precisamos nem ao mesmo do Facebook atual. Precisamos de pessoas com vontade de utilizar o que está disponível por aí para imaginar o que queremos ter no futuro para continuarmos a comunicar nossos sonhos e esperanças. Toda tecnologia começa com alguém pensando ‘e se as coisas fossem assim?’. Você sabia que hoje você só tem um smartphone no bolso pois no passado alguns engenheiros assistiram Star Trek e ficaram fascinados com os telecomunicadores da série?

O que será que vamos ver no F8 do ano que vem? E, o mais importante, será que você já terá imaginado o que eles vão anunciar antes mesmo deles finalizarem as invenções? Fique ligado aqui no blog do HUB, pois nós também gostamos de nossas ideias lúcidas e on the rocks.

Se você nos permite a sugestão de alguns exemplos, aqui estão as tendências que acreditamos para o futuro do marketing digital, e aqui os eventos de marketing onde você poderá encontrar outras pessoas (e até nós mesmos) para trocar e orquestrar ideias. Até logo mais!

Artigo escrito por Ismael Alberto Schonhorst e Sandra Grohskopf, do HUB Criação.

Powered by Rock Convert

Intelligence for Success.