Entenda o que é ROI de marketing e como calculá-lo

Quem trabalha com marketing sabe como é importante mensurar os resultados obtidos, já que somente assim é possível verificar se a organização está ganhando ou perdendo dinheiro nos investimentos realizados no setor. É por isso que se deve saber o que é ROI e como utilizá-lo nas estratégias aplicadas.

Para que você entenda mais sobre o assunto, desenvolvemos este post. A seguir, esclareceremos uma série de dúvidas que os profissionais de marketing geralmente têm sobre o ROI.

A ideia é que você possa mensurar as estratégias da empresa em que atua, apresentando resultados efetivos para a direção da organização — que perceberá mais valor na atividade e poderá, até mesmo, intensificar os investimentos na área. Continue a leitura!

O que é ROI?

ROI é uma sigla que representa Return on Investment. Quando traduzida para o português, ela significa Retorno sobre o Investimento. Trata-se de um indicador que mostra a quantidade de dinheiro que uma empresa está ganhando ou perdendo em cada investimento que é feito.

Vale lembrar que o ROI não é algo exclusivo para o marketing, pois pode ser aplicado em qualquer área da empresa que demande investimento. Na comunicação, no entanto, ele é útil para diversas subáreas, como:

O objetivo é destacar quais investimentos estão valendo a pena para a organização, de modo que as ações podem ser modificadas no decorrer de suas execuções. Assim, a lucratividade e os resultados positivos da empresa são aumentados.

Por que esse indicador é importante para uma empresa?

Com a ascensão da internet e das ferramentas tecnológicas, existem cada vez mais métodos ou formas de uma empresa praticar o marketing e divulgar seus negócios. No entanto, todas essas opções podem ser confusas para quem não domina o assunto, como a alta cúpula administrativa da companhia.

Por isso, cabe ao profissional de marketing desenvolver relatórios completos. Neles, deve haver informações numéricas e quantificáveis, que mostrem aos diretores os resultados das ações implantadas.

Além disso, como o ROI pode ser calculado individualmente para cada ação de marketing, é possível que sejam focados esforços naquilo que traz mais resultados para a empresa.

Sendo assim, se for observado que o ROI das ações de e-mail marketing é melhor do que o das redes sociais, pode-se intensificar o investimento no envio de newsletter, para potencializar ainda mais essa prática. Outra possibilidade é verificar o que pode ser feito para melhorar os resultados das mídias digitais.

Como calcular o ROI das campanhas de marketing?

O ROI pode ser calculado por meio da seguinte fórmula matemática:

ROI = (receita – custo / custo) X 100

Ao desenvolver essa equação, no campo receita, deve ser utilizado o valor levantado no segmento que está sendo mensurado. Já os custos referem-se à quantia gasta para a realização da ação.

Dessa forma, se uma organização obteve uma renda de R$ 5 mil com um investimento de R$ 1 mil nas redes sociais, aplicaremos a fórmula da seguinte maneira:

ROI = (5.000 – 1.000 / 1.000) X 100

ROI = (4.000 /1.000) X 100

ROI = 4 X 100

ROI = 400 %

No exemplo citado, portanto, o valor do ROI conquistado na estratégia de marketing nas redes sociais foi de 400%. Desse modo, o indicador pode ser considerado positivo, pois, a cada 1 real investido na ação, foram obtidos 4 reais de lucro para a companhia.

Como elaborar um relatório de ROI?

O fato de o ROI ser negativo ou positivo pode ser determinado a partir da preparação de um relatório completo. Tal material deve ser elaborado com base nos cálculos realizados em cada uma das subáreas do marketing que se pretende mensurar.

Para tanto, é necessário adotar algumas boas práticas para o desenvolvimento de um relatório de ROI. As ações a serem desempenhadas nessa etapa do processo são as listadas a seguir:

Diferencie dados de informações

Qualquer número é um dado, mas um dado não é uma informação. Isso quer dizer que, ao desenvolver um relatório de ROI, não basta apresentar uma quantidade imensa de números isolados para seu gestor. Os números devem vir acompanhados de estratégias, mostrando o que eles denotam e quais ações podem ser tomadas a partir dos resultados alcançados.

Defina metas a serem cumpridas

A partir do ROI calculado, devem ser planejadas ações, conforme dito anteriormente. No entanto, tais estratégias precisam ter metas a serem cumpridas.

Se o ROI dos investimentos em SEO não for positivo, por exemplo, o estrategista de marketing pode estipular uma meta para aumentar a métrica em X% em uma quantidade Y de tempo. Tudo isso precisa estar presente no relatório que será apresentado.

Tome cuidado com as métricas da vaidade

As métricas da vaidade são aquelas que fazem com que o ego de uma empresa seja alimentado, mas que não convertem em dinheiro, ou seja, não trazem lucratividade efetiva. É o caso do número de seguidores nas redes sociais, por exemplo. Isso porque de nada adianta ter milhares de seguidores no Facebook se eles não compram os produtos da marca.

Portanto, ao calcular o ROI, deve-se sempre buscar saber o valor monetário ganho com a execução das estratégias — e não apenas o capital social, que é importante, mas não o mais relevante para um negócio.

Defina uma periodicidade

O ROI não tem um tempo médio para ser estipulado, sendo possível fazer o cálculo anual, mensal ou até mesmo diariamente, se esse for o desejo da empresa. Os relatórios devem ser entregues de período a período, tendo sempre o anterior como base para entender o que melhorou.

Agora que você já sabe o que é ROI, ficou mais fácil trabalhar com essa métrica na empresa, não é mesmo? Então, basta seguir nossas dicas à risca e colocar tudo isso em prática na rotina da organização.

Caso você ainda tenha alguma dúvida sobre o assunto ou necessite de mais orientações sobre o ROI, entre em contato conosco. Podemos ajudá-lo a alcançar mais resultados positivos em suas ações!

Powered by Rock Convert

CEO do Hub Criação, publicitário desde 2000, empreendedor por natureza e apaixonado por inovação!